Pilotos Sauber tiveram problemas com um radar meteorológico quebrado

Equipamento teve problemas e time não sabia que chuva cairia durante o Q2, deixando seus pilotos no meio do grid

A Sauber terá Nico Hulkenberg largando em 12º e Esteban Gutierrez em 14º no GP da Malásia, segunda etapa do Mundial de Fórmula 1 neste domingo em Kuala Lumpur.

Nico Hulkenberg citou que o acerto do carro não estava perfeito e que foi prejudicado por um problema técnico dentro da escuderia: uma quebra do radar meteorológico.

"O balanço do carro não estava correto. Fomos para a pista com um jogo de pneus médios usados para o começo do Q2, pois não tínhamos nenhuma informação meteorológica, já que nosso radar quebrou. Se soubesse que a chuva estava chegando eu teria saído com novos. Mas no geral nosso ritmo não estava bom o suficiente. Agora é esperar e ver quais condições de pista teremos para amanhã", disse Hulkenberg, 12º.

Indo à pista muito tarde, Esteban Gutierrez enfrentou um entrave parecido com Hülkenberg e não pôde dar uma volta limpa e seca durante o Q2.

"Infelizmente não fomos capaz de extrair o máximo do carro no Q2. Saímos muito tarde com os pneus novos e fomos pegos pela chuva. O time tinha um setup muito bom que extraímos do terceiro treino livre, o que é algo positivo. Estamos agora de olho na prova. Temos que analisar todos os dados e traçar uma estratégia juntos para chegar aos pontos", finalizou.

A corrida da Malásia acontece na madrugada de domingo às 5h da manhã.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Nico Hulkenberg , Esteban Gutierrez
Tipo de artigo Últimas notícias