Pirelli faz escolhas conservadoras e desiste de mudar pneus

Fornecedora divulgou quais pneus levará para as próximas três etapas e garante que cola resolverá delaminações

A Pirelli divulgou as escolhas de pneus para as próximas etapas e reiterou que não haverá mudanças nos pneus. As alterações foram testadas no Canadá a estreariam no GP da Grã-Bretanha, mas devido à “falta de apoio das equipes”, foi deixada de lado.

Para evitar as delaminações vistas no Bahrein e na Espanha, a saída que a fornecedora encontrou foi mudar o processo de construção dos pneus, usando cola, sem alterar a performance.

Para a prova de Silverstone, serão usados os compostos duro e médio.  Para a etapa seguinte, na Alemanha, a Pirelli levará os médios e macios e, na Hungria, duro e médio.

Com isso, a fornecedora adota uma postura mais conservadora em relação ao ano passado, quando levou os compostos duro e macio para Silverstone e médio e macio para Budapeste. O GP da Alemanha de 2012 foi disputado em Hockenheim, ao contrário do deste ano, que será em Nurburgring.

DRS

Pelo primeiro ano, o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone, terá duas zonas de ativação da asa móvel. Em 2011 e 2012, o uso do dispositivo foi permitido na reta Wellington, mas agora também será usado na Hangar, a reta mais longa do circuito, que precede a curva Stowe.

A mudança segue na linha do que vem sendo feito neste ano como consequência das restrições do uso da DRS nas classificações. Nos anos anteriores, o dispositivo poderia ser utilizado em qualquer momento da volta, mas agora só está liberado nas zonas pré-determinadas. Assim, a maioria das pistas terá duas zonas de ativação.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Tipo de artigo Últimas notícias