Pneu duro faz sua estreia para lidar com calor da Malásia

Asfalto abrasivo também é preocupação da Pirelli, que leva seus dois pneus mais resistentes para a segunda etapa

O pneu duro fará sua estreia no campeonato no próximo final de semana, na Malásia. O composto, identificado a partir deste ano pela cor laranja, fará dupla com o médio. A escolha da Pirelli é a mesma do ano passado e visa lidar com a superfície abrasiva e as altas temperaturas de Sepang.

"Eu poderia descrever Sepang como genuinamente extremo: tanto em termos de clima quanto de superfície da pista. Isto significa que será um dos fins de semana mais exigentes para os pneus em todo o ano. A designação de pneus para a Malásia é a mesma do ano passado, mas os compostos agora oferecem mais desempenho e a degradação programada aumentou nesta temporada", assegurou Paul Hembery, diretor de automobilismo da Pirelli.

Assim como ano passado, existe a possibilidade de chuva, uma vez que a corrida tem largada às 17h locais e, localizado próximo à linha do Equador, costuma ter pancadas no final da tarde. "No ano passado, a estratégia vencedora foi a de três paradas, numa corrida mista, que teve pista molhada e seca, com final emocionante entre Fernando Alonso e Sergio Perez, numa disputa focada nos pneus. Podemos esperar três paradas novamente, porém mais uma vez, é provável que o clima dite as regras. Mesmo que não chova, os pilotos podem esperar umidade de 80% na região e temperatura ambiente de mais de 30 graus centígrados", completou Hembery.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Tipo de artigo Últimas notícias