Pneus com construção de 2012 e equilíbrio ajudam Sauber

Equipe suíça conquistou 24 de seus 31 pontos desde que a Pirelli mudou os pneus, no GP da Hungria

A diferença é clara: o mesmo time que tinha sete pontos até a Pirelli voltar a utilizar a construção de pneus de 2012, no GP da Hungria, somou 24 desde então. A Sauber foi a equipe que mais surpreendeu ano passado, com quatro pódios ao longo do ano, e vem mostrando que muito disso tem a ver com a interação com o tipo de pneu usado na última temporada.

“O rendimento melhorou desde Budapeste, mas lá tivemos alguns problemas técnicos e o resultado não apareceu”, lembrou o Esteban Gutierrez ao TotalRace.

Mas não é só isso, assegura o mexicano. Gutierrez, estreante na categoria e ainda sem somar seus primeiros pontos, acredita que tem uma parcela de responsabilidade no crescimento da equipe.

“Acho que o fato de eu ter melhorado na classificação e andar mais próximo do meu companheiro também ajudou o time a crescer, pois um pode forçar mais o outro e os dois ganham. A comunicação e os acertos também melhoraram muito.”

Falando em Sauber, a equipe anunciou que terá Kimiya Sato como piloto reserva no Japão. Aos 24 anos, o japonês testou com a equipe em Silverstone no mês de julho e fará outro teste aerodinâmico na Itália, dia 18 de outubro. Ano passado, o time fez pódio em Suzuka com o piloto da casa Kamui Kobayashi.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Nico Hulkenberg , Esteban Gutierrez
Tipo de artigo Últimas notícias