Pneus serão mesmo mais conservadores, aponta 1º dia no Bahrein

Embora testes estejam sendo feitos sem divulgação de tempo e sem entrevistas, rumores confirmam caminho mais prudente

Os pneus de 2014 serão mesmo mais conservadores, apontam os primeiros rumores vindos do Bahrein, onde quatro equipes estão testando os compostos preparados pela Pirelli para o ano que vem. Embora as sessões sejam à porta fechada, sem divulgação de tempos e fechadas para entrevistas, a Autosprint italiana apurou que os pneus usados são mais resistentes que os de 2013. “A indicação geral é que os pneus são mais lentos que os de 2013, sendo que estão sendo usados os mesmos carros da última temporada. Assim, os tempos de volta devem subir, pois a Pirelli está adotando uma abordagem mais prudente”, afirmou a reportagem. Segundo o veículo, todos os compostos testados contém o cinto interno de kevlar e não aço, material que deu tanto em problema em 2013, principalmente na corrida de Silverstone, quando pneus de cinco carros estouraram. Os testes no Bahrein começaram na terça-feira e estão sendo realizados por Red Bull, Toro Rosso, Ferrari e Mercedes, embora todas as equipes tenham sido convidadas.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias