Pontos fizeram a McLaren trabalhar mais, afirma Button

Após os primeiros quatro pontos da equipe nas ruas de Monte Carlo, Jenson Button sabe que a equipe tem que continuar progredindo

A McLaren teve um dos piores inícios de temporadas da história, mas parece que as coisas começaram a entrar no eixo. Com os primeiros pontos marcados em Mônaco, Jenson Button afirma que a equipe está trabalhando muito para progredir mais em cada corrida.

Segundo o inglês, a equipe não se sentiu aliviada após pontuar pela primeira vez no ano, pelo contrário, só deu mais responsabilidade para que esse resultado de Mônaco não fosse o único. A McLaren quer cada vez mais estar entre os primeiros.

“Com os pontos marcados, tem sido muito positivo e mostra que nós estamos fazendo grandes avanços. Mas, isso nos estimulou ainda mais para continuar a progredir até chegarmos onde queremos estar”, disse.

Button ainda comenta o desempenho de seu companheiro de equipe, que ainda não conseguiu pontuar esse ano: “Fernando (Alonso) não teve muita sorte nas últimas corridas, mas precisamos manter nossas cabeças erguidas para continuar lutando, e conseguirmos levar nossos dois carros para a linha de chegada”, comenta.

Sobre o GP do Canadá, Button afirma que será um desafio para a McLaren, pois o circuito exige muita velocidade em reta, um dos pontos negativos do carro: “O Circuito Gilles Villeneuve requer uma boa velocidade máxima, por isso, vai ser um grande desafio, mas tudo pode acontecer lá”, prevê.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pista Circuit Gilles-Villeneuve
Pilotos Jenson Button
Equipes McLaren
Tipo de artigo Preview