Por falta de pagamento, Lotus fica presa fora de motorhome

Com coisas chegando até o último momento, pilotos têm de dar entrevista no meio do paddock e mecânicos comem pizza

Um atraso no pagamento da equipe Lotus fez com que suas coisas só chegassem a Suzuka na tarde desta quinta-feira. Com isso, o time terá de trabalhar bastante durante esta noite no Japão para deixar tudo pronto para sexta-feira. A equipe também ficou impedida de entrar em seu hospitality no paddock até que pagasse seus débitos.

Pastor Maldonado está confiante de que, apesar dos problemas, a equipe esteja pronta para ir para a pista na sexta-feira de manhã.

"Não é fácil, já que estamos um pouco atrasados com as coisas. Mas devemos ficar bem", disse ele. "Estamos tentando resolver todos os problemas e tenho certeza que a equipe vai trabalhar muito duro para ter tudo definido.”

"E, do meu lado, para amanhã e pelo resto do fim de semana, nós só queremos fazer o nosso melhor na pista e voltar a marcar pontos."

Espírito de Enstone

Romain Grosjean, que, segundo boatos, está prestes a deixar Lotus no final deste ano para fazer parte da nova equipe Haas, disse que enquanto a situação for difícil a coisa mais importante é que a equipe continue dando seu máximo.

"Estamos aqui", disse ele após ser forçado a fazer seus compromissos de mídia no meio do paddock.

"As coisas estão acontecendo tarde, mas a coisa mais importante é que o nosso grupo de pessoas está aqui."

Enquanto esperavam a chegada de algumas de suas coisas e tinham o motorhome bloqueado, os mecânicos da Lotus comeram pizza para o almoço em Suzuka.

Grosjean foi para o hospitality da Renault. "É muito bom, na verdade, ver a hospitalidade do paddock. Você está sem comida e eles abrem a porta", disse ele.

"É muito bom. Tivemos um almoço em um lugar diferente do habitual. Esperemos que tudo seja resolvido. O mais importante é que temos o que precisamos para competir."

Nenhum impacto no ritmo de pista

Grosjean também está confiante de que as dificuldades fora da pista não devam causar um impacto negativo no fim de semana do GP do Japão.

"Isso não significa que não podemos lutar pelo pódio neste fim de semana", disse o francês. "Olhe para Spa: tivemos oficiais de justiça na garagem e fomos para o pódio."

"Apenas não é agradável para Enstone. Estamos apenas aguardando a confirmação sobre o futuro da equipe, mas o principal é o espírito. O que nós queremos é correr."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pista Suzuka
Equipes Lotus F1
Tipo de artigo Últimas notícias