Por melhor desempenho, Ferrari irá dividir corpo técnico em 2013

Segundo Domenicali, equipes diferentes cuidarão dos carros de 2013 e de 2014, já que regras mudarão bastante

Domenicali anunciou mudanças em Maranello

Depois de uma temporada em que o desempenho e a evolução do carro não foram considerados satisfatórios, mesmo com o vice-campeonato de construtores, a Ferrari resolveu fazer mudanças em seu departamento. Segundo o chefe da equipe, Stefano Domenicali, o time decidiu separar totalmente os projetos dos carros de 2013 e 2014, já que após a próxima temporada as regras irão sofrer grandes mudanças.

"Este ano, vimos que, quando fazemos muitas coisas ao mesmo tempo, não somos suficientemente eficientes. Isto, somado às exigências inusitadas que vamos enfrentar em 2013,  nos fizeram optar por dois projetos, com coordenadores diferentes: Simone Resta, um engenheiro que desenvolveu sua carreira em Maranello e é muito eficaz, vai trabalhar no carro de 2013 e Fabio Montecchi vai lidar com o de 2014. E Nikolas Tombazis continua como designer-chefe”, explicou Domenicali ao site oficial da F1. A principal mudança que acontecerá de 2013 para 2014 será a introdução dos motores V6 turbo.

Além dessa divisão de projetos, a Ferrari passará por uma reestrutura de seu departamento técnico no ano que vem. Em 2012, o time verificou um problema em seu túnel de vento e por isso irá usar um que pertence à Toyota e fica em Colônia, na Alemanha. “Como todos sabem, estamos reconstruindo as instalações de Maranello, que ficará fechado até agosto. Nesse período, usaremos o túnel de vento da Toyota, em Colônia. Adotamos também um melhor método de divisão do trabalho entre os que atuam no túnel de vento e aqueles se concentrarão mais no lado criativo”, afirmou o dirigente.

Isso tudo porque a Ferrari considera que não deu aos seus pilotos um carro suficientemente competitivo em 2012. "Estamos bem conscientes de que devemos começar com um carro mais competitivo, como nosso presidente tem exigido", continuou Domenicali, que revelou que o novo carro deve ser lançado pouco antes do início da pré-temporada. “O carro de 2013 será lançado no final de janeiro ou nos primeiros dias de fevereiro. Como de costume, será apenas uma versão de lançamento, já que o carro definitivo será visto nos últimos dias da pré-temporada ou já na Austrália”, comentou.

A pré-temporada da temporada de 2013 começa dia 5 de fevereiro, em Jerez, na Espanha e a primeira corrida do ano, na Austrália, será no dia 17 de março. 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias