Por muito pouco, Sauber não coloca dois carros entre os dez melhores

Kobayashi foi o que se deu melhor: passou para o Q3 e foi oitavo; já Perez foi 12º, mas ambos estão bem animados para a corrida

Sergio Perez em Silverstone

A classificação foi considerada extremamente boa para a equipe Sauber em Silverstone. Por muito pouco, o time suíço não colocou seus dois carros entre os dez primeiros no grid para o GP da Grã-Bretanha.

O melhor piloto do time foi Kamui Kobayashi, que passou à fase final e foi o oitavo, ficando à frente de uma Mercedes (de Nico Rosberg) e uma McLaren (de Lewis Hamilton); já Sergio Perez ficou em 12°, mas foi "degolado" por muito pouco.
 
"Foi uma classificação traiçoeira com mudanças constantes do clima. Era muito difícil prever o que seria certo ou errado, mas administramos isso bem. No Q3, quando fiz minha volta final com pneus macios novos, deu tudo certo. Estou feliz com esta volta e sou muito grato ao time. Agora, quero extrair o máximo na corrida de amanhã", analisa o japonês.
 
"Acho que fizemos um bom trabalho. Foi uma pena perder o Q3 por 36 milésimos, mas estou muito feliz com nossa performance. Por conta das condições variáveis, não foi fácil, mas, no geral, nosso carro está bom. De onde vou largar, tenho todas as chances de marcar pontos, amanhã", completa o mexicano.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias