Porta-voz de Hamilton nega conversa com a Red Bull

Empresa que gerencia carreira de piloto inglês desmente suposta conversa entre o campeão de 2008 e chefe de equipe austríaca

O contrato de Hamilton com a McLaren termina no final de 2012

O porta-voz de Lewis Hamilton negou nesta terça-feira qualquer tipo de envolvimento do inglês da McLaren com a Red Bull.

De acordo com o site da revista inglesa "Autosport", o campeão de 2008 teria sido visto falando por 15 minutos com o chefe da Red Bull, Christian Horner, no circuito de Montreal, no Canadá, palco da corrida disputada no último domingo.
 
O assunto entre os dois seria a troca de time. O piloto de 26 anos tem apenas mais um ano de contrato com a McLaren, equipe que representa desde 2007, e estaria insatisfeito com o tratamento recebido recentemente.
 
"Nem Lewis muito menos quem gerencia a sua carreira teve algum tipo de discussão referente à mudança de equipe", afirmou um membro da XIX Entertainment, empresa que representa o inglês.

Luis Fernando Ramos comenta mais sobre essa especulação e os motivos que teriam levado Hamilton ao motorhome da equipe rival

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias