"Precisamos trabalhar para melhorar o carro", reconhece Vettel

Alemão admite que está difícil andar no mesmo ritmo dos pilotos das equipes Ferrari e McLaren no circuito de Hungaroring

Sebastian Vettel: olhos arregalados para o equilíbrio na Hungria

Acabou o sossego na Red Bull. Até Sebastian Vettel admitiu que está difícil de andar no ritmo de Ferrari e McLaren em Hungaroring.

O atual campeão mundial ficou em quinto lugar, a pouco mais de meio segundo do mais veloz, Lewis Hamilton, e 0s041 atrás do companheiro de equipe, Mark Webber.
 
"Hoje foi um dia difícil para nós, está muito equilibrado na frente e precisamos melhorar um pouco para ficar em primeiro lugar", analisa o alemão.
 
"Precisamos ver o que os outros fizeram com tanques cheios. Os pneus estão desgastando muito, é uma dúvida o quanto eles vão durar na corrida", continua Vettel, que espera ver uma melhora no carro para o sábado.
 
"Precisamos trabalhar para melhorar o carro. Não que ele esteja ruim, mas a maneira que ele desgasta os pneus será a chave para a corrida. É um equilíbrio difícil: buscar essa durabilidade e, ao mesmo tempo, uma borracha que aqueça rápido para uma volta rápida na classificação", completa.
 
(Colaborou Luis Fernando Ramos, de Hungaroring)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Hungria
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias