Presidente da FIA promete "reconsiderar" pontuação dobrada

Mesmo surpreso com reação negativa do público em relação à mudança, Jean Todt quer discutir nova regra

O presidente da Federação Internacional de Automobilismo, Jean Todt, admitiu que a nova regra que prevê pontuação dobrada na última etapa do ano a partir desta temporada pode não sair do papel.

Depois de ser criticado por não ouvir os fãs, que criticaram fortemente a ideia, com enquetes apontando mais de 95% dos votantes contra a ideia, e dar ouvidos aos dirigentes e prometer procurar soluções para a falta de barulho dos motores, questão que tem rejeição muito menor entre os torcedores, o francês voltou atrás.

Todt revelou que pediu ao Grupo de Estratégia que revisse a proposta. “Para reconsiderar isso, é preciso o apoio unânime, e se isso não acontecer não podemos mudar a regra”, explicou. “Tivemos uma reunião e eu disse ‘vocês querem reconsiderar?’ A resposta foi não. Não me perguntem quem disse sim ou não. Então eu disse ‘ok, veremos no final da temporada qual é a reação’.”

O dirigente se disse surpreso com a forte reação do público porque não sente “que é uma mudança tão grande. Mas precisamos dar ouvidos a isso e tomara que levemos os torcedores em consideração.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias