Presos no tráfego, pilotos da Renault saem da Turquia decepcionados

Depois de alguns encontrões na pista, Nick Heidfeld e Vitaly Petrov cruzaram a linha de chegada em sétimo e oitavo colocados

Petrov largou na frente e chegou atrás de Heidfeld

Depois do forte início de temporada, com dois pódios, a Renault teve outra corrida em que Nick Heidfeld e Vitaly Petrov ficaram presos em disputas por posições inferiores. O time saiu da Turquia com um sétimo e um oitavo lugares, depois que ambos os pilotos largaram entre os dez primeiros.

Acho que poderia ter terminado ainda mais adiante hoje, mesmo que tenha largado em nono. Não estou totalmente feliz com a corrida – fiquei preso no tráfego por muito tempo, ultrapassar foi difícil e Vitaly tocou em mim – mas meu ritmo era bom, especialmente no final da corrida, com pouco combustível e com pneus macios”, afirmou Heidfeld.

Petrov lamentou a colisão com Michael Schumacher logo no início da corrida.

“Foi uma corrida interessante do ponto de vista da estratégia. O que realmente afetou minha posição de chegada hoje foi a colisão com Michael, que me colocou atrás de pilotos lentos. Se isso não tivesse acontecido, minha corrida seria muito mais forte. Temos que ficar positivos por colocar ambos os carros no pódio.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Turquia
Pilotos Nick Heidfeld , Vitaly Petrov
Tipo de artigo Últimas notícias