Primeira volta desastrosa dificulta a vida da Lotus em Silverstone

Carro tem ótimo ritmo no final, mas ambos os pilotos da equipe tiveram de fazer prova de recuperação e chegaram em 5º e 6º

O ritmo da Lotus mais uma vez chamou a atenção, principalmente na segunda metade do GP da Grã-Bretanha, mas a primeira volta desastrosa para a dupla Kimi Raikkonen e Romain Grosjean foi determinante para que o finlandês tivesse de se contentar com o quinto lugar, uma posição à frente do companheiro.

“Tive algumas primeiras curvas boas, mas tive de evitar os carros da frente e saí da pista ao ser jogado para fora”, afirmou Raikkonen, que fechou a primeira volta em sétimo. “Se tivesse ficado na frente de Mark na largada, seria muito interessante ver onde terminaríamos, mas, depois disso, até Lewis me passou. Voltei a brigar e o carro estava bom, especialmente nos pneus duros, então poderia obter um resultado melhor se tivesse uma largada boa.”

A situação de Grosjean esteve ainda mais complicada após ter de trocar o bico na primeira volta e cair para último. Usando do baixo consumo de pneus da Lotus, o francês fez sequências longas para chegar em sexto.

“Estou feliz com minha corrida hoje. Infelizmente, tive um acidente na primeira curva após a largada e fiquei do lado de fora com Lewis, quando uma Force India bateu em mim e quebrou minha asa dianteira. Pensei que minha corrida estava seriamente comprometida, mas a equipe fez um trabalho fantástico com minha estratégia e acertamos ao fazer stints longos com ambos os jogos de pneus duros. Nós dois marcamos muitos pontos para a equipe, então foi um bom dia.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Kimi Raikkonen , Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias