"Privilegiado" na Ferrari, Alonso diz que dividiria equipe "até com Hamilton"

O espanhol, contudo, frisa que está feliz ao lado de Massa e foge das comparações com os feitos de Schumacher na Scuderia

O

Dizendo-se “privilegiado” por estar garantido na Ferrari até o final de 2016, Fernando Alonso não descartou nem Lewis Hamilton como possível companheiro de equipe, mas frisou que está “muito feliz” em ter Felipe Massa no time.

O espanhol comentou declarações de pilotos como Hamilton e Sebastian Vettel, de que gostariam de pilotar pela Scuderia.

“Parece algo natural de se dizer: todos os pilotos querem correr pela Ferrari. Alguns podem dizer isso abertamente, outros negam ao menos pensar nisso. Isso faz eu me sentir ainda mais privilegiado, porque estou na Ferrari agora e estarei por muito anos, pelo menos até o final de 2016."

Alonso aproveitou para elogiar Massa, com quem divide a equipe desde o início de 2010.

“Estou muito feliz em ter Felipe como companheiro e trabalhamos muito bem juntos. Se o dia que algum outro virá chegar, não seria um problema para mim, até se fosse o Hamilton.”

O bicampeão evitou comparar-se com Michael Schumacher, quando perguntado se concordava com a impressão de Stefano Domenicali de que teria se adaptado mais rapidamente à Ferrari do que o alemão, que foi por cinco vezes campeão pela Scuderia.

“Não sei o que dizer, exceto que eu me senti imediatamente confortável na Ferrari. Mas seria muito difícil repetir o que Michael fez, especialmente porque as coisas são muito diferentes agora do que há uma década. Dito isso, estou nos melhores anos da minha carreira e isso me dá muito otimismo para o futuro.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias