Problemas de Alonso não têm a ver com pneu, defende Pirelli

"Se a Ferrari não usou os pneus adequadamente, não é nossa culpa", defende diretor do fornecedor italiano

Mesmo longe do pódio nas últimas quatro corridas e sendo constantemente superado pelo companheiro Felipe Massa em classificações, Fernando Alonso não está tendo dificuldades com os pneus. Pelo menos é o que garante o CEO da Pirelli, Marco Tronchetti Provera.

O espanhol foi um dos maiores críticos às mudanças que a fornecedora promoveu em meados da temporada, dizendo que a qualidade da borracha está “no limite” e justificando que, para fazê-la durar, os pilotos não estavam forçando, caso contrário “esses pneus não fariam 5km”.

Para Provera, Alonso “estava muito nervoso quando falou essas coisas. Não foi por causa dos pneus – ele não tem vencido por uma série de razões. Se eles não usaram os pneus adequadamente, não é nossa culpa”, afirmou à CNN.

Por outro lado, o dirigente defendeu que vários dos problemas enfrentados pela Pirelli nesta temporada – o ponto mais crítico foi o GP da Grã-Bretanha, quando quatro pilotos tiveram pneus estourados – são de responsabilidade das equipes. “Podemos fazer o que for necessário, mas dentro das regras. Isso significa que os pneus também têm de ser usados dentro das regras que provemos às equipes.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias