Punido, Vettel vai largar dos boxes no GP dos Estados Unidos

Piloto reclamou da regra que determina que quem trocar toda a unidade de potência tem de largar dos boxes

Quem sofreu para se adaptar às novas regras da Fórmula 1 para esta temporada começa a sentir os efeitos disso nas últimas etapas. Pior para Sebastian Vettel, que largará dos boxes na corrida do domingo, com largada às 18h pelo horário de Brasília. O alemão trocará o motor, o turbo, a MGU-K, MGU-H, sistema de controle eletrônico e de armazenamento de energia. 

[publicidade] Isso porque as regras determinam que cada piloto utilize apenas cinco unidades de cada uma das seis partes que compõem a unidade de potência – nomenclatura que engloba o motor turbo e os componentes híbridos. E quem precisar do sexto item perde posições no grid de largada.

A primeira ‘vítima’ da regra foi Daniil Kvyat, da Toro Rosso, ainda no GP da Itália, 13ª etapa de um campeonato que terá 19 provas. Como o russo trocou apenas um dos seis itens, perdeu 10 posições no grid na ocasião. Vettel, porém, estava ‘pendurado’ em vários itens e, por isso, a equipe decidiu trocar a unidade de potência inteira. Como a punição, nesse caso, é largar dos boxes, não faria sentido participar da classificação. Porém, a Red Bull divulgou que, em respeito ao público, o piloto participará pelo menos da primeira parte do treino.

“Precisaremos de uma potência extra em algum momento – e é muito provável que seja aqui”, já havia reconhecido Vettel, que demonstrou descontentamento com a situação. “Não fiz essas regras, mas todos temos de respeitá-las.”

Não é a primeira vez que o alemão reclama do regulamento. Desde que soube que teria de usar o sexto motor, Vettel deixou claro que não concordava com uma punição tão severa. “É difícil explicar para o torcedor que um piloto vai ficar assistindo a classificação pela TV porque sabe que será o último”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias