Quinto, Alonso acredita que chegou "tarde demais" à luta

Espanhol fez sequência de voltas mais rápidas na parte final da prova, mas não conseguiu atacar Button pelo 4º posto

Alonso foi o quinto colocado na Coreia

Fernando Alonso não acredita que poderia ter obtido resultado melhor do que o quinto lugar no GP da Coreia. Apesar de ter sido o piloto mais rápido durante boa parte da segunda metade da corrida, o espanhol afirmou que faltou ritmo no início da prova.

“Não estava tão mais rápido [que Felipe] na primeira parte da corrida. Tive muita dificuldade com o supermacio – acabei com o dianteiro direito muito rapidamente, na volta três ou quatro, então tentei manejar a degradação”.

Após a primeira parada, Alonso voltou no meio do tráfego e quase foi acertado pela Renault de Petrov, quando o russo atropelou Schumacher.

“Depois da primeira parada, fiquei atrás de Schumacher e Petrov, bem perto da ação na curva três. Também perdi um pouco de tempo quando estávamos atrás de Nico [Rosberg], mas não era muito mais rápido naquele momento. Só fui rápido no último stint, vamos tentar ver o porquê.”

Após superar Rosberg na pista e Massa por ter demorado mais a fazer a segunda parada, Alonso tentou chegar no pelotão da frente, mas não conseguiu se colocar em posição de atacar Button.

“Tive de fazer 20 voltas de classificação para chegar no grupo que estava na frente. Quando cheguei lá, perdi o carro e cheguei muito perto do muro em determinado momento e perguntei para a equipe quantas voltas faltavam. Eles disseram que faltavam duas e disse a eles que não conseguiria. Chegamos um pouco tarde demais na batalha.”

O piloto da Ferrari não acredita que a relação de forças vá sofrer qualquer alteração até o final do ano e praticamente se coloca fora da luta por vitórias.

“Acho que tudo vai continuar mais ou menos do jeito que está, infelizmente. Eles estão um pouco à frente de nós. Especialmente em classificação, estamos a oito ou nove décimos deles. Nos domingos, chegamos todos no mesmo grupo, então definitivamente temos uma performance melhor na corrida. Temos de continuar trabalhando nisso e, se tivermos alguns pódios, seria bem-vindo e se, por alguma surpresa, vencermos alguma prova, seria ainda melhor.”
(colaborou Luis Fernando Ramos, de Yeongam)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Coreia
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias