Quinto colocado, Petrov acredita que estava na luta pelo pódio

Russo foi bem na estratégia, enquanto Nick Heidfeld perdeu boa chance de pontuar após bater na traseira de Kobayashi

Petrov afastou a má fase com uma boa corrida no Canadá

A Renault foi uma das equipes que acertou na estratégia, mas que perdeu terreno quando a pista secou. Ainda que Vitaly Petrov tenha chegado em quinto lugar, o russo acredita que poderia ter lutado pelo pódio.

“Depois da bandeira vermelha, eu era quarto, porque decidi não trocar meus pneus. Dali em diante, estava lutando por uma boa posição. Por um lado, terminar em quinto depois de largar em décimo é um bom resultado. Por outro, realmente senti que poderíamos ter terminado no pódio hoje. Dito isso, os pontos são bem-vindos, porque acho que voltamos aos trilhos depois de algumas corridas difíceis.”

Nick Heidfeld também vinha em uma boa colocação, mas tocou na traseira de Kobayashi quando tentava ultrapassar o japonês e acabou batendo, com a asa dianteira danificada.

“Alguma coisa aconteceu. Kobayashi de repente desacelerou a acertei a traseira dele. Estava em quinto, então foi frustrante. Ainda mais depois de uma boa sessão de classificação ontem. Hoje foi uma daquelas corridas imprevisíveis. O jeito foi guiar o melhor que podia dadas as circunstâncias.”

>> >> >> >> >> >> >> >>

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pilotos Nick Heidfeld , Vitaly Petrov
Tipo de artigo Últimas notícias