Quinto, Massa revela dificuldade em aquecer os pneus

Brasileiro acredita que escolha da Pirelli para Nurburgring tenha sido equivocada: "talvez desse para correr de supermacio e macio aqui"

Massa larga em quinto no GP da Alemanha

Pista fria e pneus duro demais, na opinião de Felipe Massa. Essa combinação não agradou em nada o piloto da Ferrari, que afirmou ao TotalRace que não conseguiu colocar seus Pirelli na temperatura ideal. O brasileiro larga em quinto, logo atrás do companheiro Fernando Alonso.

“O pneu está até um pouco duro para esta pista, talvez pudéssemos estar correndo aqui com o supermacio e macio. Isso torna mais difícil ainda você sair e dar a volta logo de cara, conseguindo aquecer bem os pneus. Acho que esse foi o maior problema.”

As dificuldades de Massa começaram ainda no Q1, quando teve de fazer uma segunda tentativa por não ter conseguido marcar um bom tempo com o composto mais duro.

“Foi bem difícil. Com o pneu médio, o carro não parava na pista e não esquentava. Com o macio, ainda falta um pouquinho para chegar na temperatura certa a fim de fazer a primeira volta perfeita.”

O piloto não quis fazer previsões para a estratégia da corrida de amanhã.

“A previsão para amanhã é de chuva, então temos de estar preparados para qualquer condição. Não é uma pista que gasta muito pneu, mas tem uma diferença grande de rendimento do macio para o médio.”

Massa reconheceu que a Ferrari não esperava ficar atrás de uma das McLaren no treino.

“A McLaren surpreendeu. O Hamilton fez um excelente tempo. Eles não estavam tão bem nas últimas corridas, então melhoraram.”

(colaboraram Felipe Motta e Luis Fernando Ramos, de Nuburgring)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias