Raikkonen admite “dedo na posição errada” na largada em Monza

Finlandês caiu de segundo para último após péssima partida no GP da Itália há duas semanas e quer virar página em Cingapura

Apesar de ter conseguido um quinto lugar em Monza, o segundo lugar no grid prometia muito mais para Kimi na frente dos “tifosi” na Itália. No entanto, sua largada foi horrível. Ele ficou parado no grid enquanto todos os carros saiam e caiu para último antes da primeira curva.

Corroborando a teoria do patrão, Maurizio Arrivabene, Kimi diz que errou o procedimento de liberação da embreagem.

"Eu ainda estava no antistall, e a razão pela qual foi... fiz tudo correto com certeza, mas o dedo pode ter estado, por alguma razão, na segunda borboleta em uma posição errada sem motivo aparente", disse Raikkonen em Cingapura.

"Mas o resultado final foi o mesmo. Nós, obviamente, temos de aprender com isso. É uma pena.”

"Foi obviamente um pouco decepcionante, porque depois de 200 metros nós estávamos no lugar errado. Não foi o ideal, mas acontece."

Apesar de tudo, Raikkonen não acredita que o problema deva trazer quaisquer alterações no programa de largadas pois foi uma exceção.

"Não é como se nós precisássemos fazer algo diferente", disse ele. "Foi apenas mais um pequeno problema com grande influência sobre nossa performance.”

"Temos feito as mesmas coisas por muito tempo e deu errado desta vez. Não foram as novas regras que mudaram isso.”

"Poderia ter acontecido no ano passado ou no início deste ano. Não há mudanças reais."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias