Raikkonen afirma que fórmula 1 tem que ser "mais perigosa"

Piloto da Ferrari diz que a categoria poderia fazer mudanças a deixando mais perigosa e com mais apelo aos fãs.

Pedidos para que a Fórmula 1 se torne mais emocionante no futuro têm sido uma constante este ano, enquanto que as equipes tentam trabalhar neste sentido. O maçante GP do Canadá fez com que Christian Horner, da Red Bull, declarasse que a categoria deveria voltar a ser "100% pé embaixo".

Agora, é a vez de Kimi Raikkonen pedir aos chefes da F1 que faça com que a categoria volte a ser como já foi um dia, quando o piloto começou a correr, isso porque a ela se tornou muito lenta e segura demais.
"Quando entrei na Fórmula 1 era mais excitante para todos, era uma categoria top, mas foi há muito tempo", declarou ao Canal+ da França. "Com os carros mais rápidos, esperávamos mais emoção, mas temos as mudanças de regras, eles sempre tentam deixá-la mais lenta."

"Tenho certeza de que o que tem para ser feito para deixar os fãs mais interessados seria deixar os carros mais rápidos e, por consequência, um pouco mais perigosos. O perigo faz parte do jogo. Não queremos que ninguém se machuque, mas isso deixaria as provas mais emocionantes", finalizou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias