Raikkonen diz que voltaria ao rali, mas só "por diversão"

Depois de disputar o WRC por dois anos "para ver se conseguia", finlandês diz ter sentido falta de disputar posições

Kimi Raikkonen disse que voltará ao rali após o fim da carreira na F-1, mas apenas por “diversão”. O finlandês disputou por dois anos o mundial da categoria quando estava afastado dos monopostos, terminando ambos os campeonatos dentro do top 10.

“O único motivo para eu correr de rali foi para ver se eu conseguia ou não fazer aquilo. Sou um grande fã e sempre achei que era muito difícil, então queria ver o que aconteceria”, afirmou à Autosport. “Ainda quero melhorar e tentar ir bem. É algo que, quando ficar mais velho, posso fazer por diversão. Definitivamente voltarei a correr quando tiver mais tempo.”

O rali não é uma novidade na vida de Raikkonen, que participou de vários eventos da modalidade quando era piloto da Ferrari.

“Gosto de ambos [rali e F-1]. Gostaria de fazer os dois ao mesmo tempo, mas, devido às agendas e outros motivos, não é possível.”

Há dúvidas se a equipe de Raikkonen, a Lotus, permitiria que o finlandês disputasse provas de rali, uma vez que Robert Kubica, que correu pelo time em 2010, teve de interromper sua carreira na F-1 devido a um sério acidente justamente na modalidade.

“Não é que perdi o interesse no rali. Mas acho que dispotar posições é mais interessante do que apenas marcar tempos”, afirmou, comparando as duas modalidades. “Gosto de disputar posições. É por isso que voltei. É completamente diferente do rali. Quando fiz a Nascar, gostei muito e, mesmo sendo muito diferente da F-1, as duas têm disputas. Sentia falta disso.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias