Red Bull e Renault decidem acabar com discussão pública

Pelo bem de ambas as partes, os envolvidos vão se preocupar em apenas trabalhar no desenvolvimento do motor junto ao carro

Parece ter chegado ao fim a troca de elogios entre a Red Bull e a Renault, pelo menos é o que garante um dos dirigentes da equipe, Helmut Marko. Após mais um resultado ruim, ambas as partes pretendem apenas trabalhar em silêncio para um bem comum.

[publicidade]Marko ainda disse que tanto a equipe austríaca, quanto a montadora francesa exageraram nas discussões públicas, o que deveria ser evitado, pois esse tipo problema não ajuda em nada para nenhuma das partes.

“Nós nos encontramos e decidimos sobre a forma de como vamos trabalhar durante o restante da temporada, Nós não temos que amar uns aos outros, mas precisamos de um motor que funcione”, disse Marko em uma entrevista para a emissora austríaca Servus TV.

O dirigente ainda comenta que esta decisão será bom para ambos os lados, para buscar um melhor desempenho nas pistas: “Todos nós podemos ver o que a Ferrari conseguiu fazer. De acordo com os engenheiros da Renault, vamos atingir este nível até o final do ano e mais uma vez ser capaz de lutar no topo.Foi decidido adiar o debate e se concentrar em trabalhar juntos para nos tirar desta situação", garante.

Perguntado sobre as críticas do chefe da Renault F1, Cyril Abiteboul, Marko preferiu abafar: “Todas essas críticas foi devida as emoções à flor da pele, o que é bastante compreensível. Na verdade, talvez os próprios comentários dele (Cyril) não foram tão pesados, mas na tradução, fez soar como se fosse muito duro”, finaliza.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias