Red Bull fala em limitação de danos para as próximas duas etapas

Equipe entende que pistas da Bélgica e da Itália não favorecem RB10 e mira em volta ao primeiro pelotão em Cingapura

Após a grande vitória conquistada por Daniel Ricciardo no último GP, disputado na Hungria, a Red Bull nega que tenha carro para lutar pelas primeiras posições nas duas próximas provas, nos circuitos de alta velocidade de Spa-Francorchamps, na Bélgica, e da Itália, em Monza. Para o chefe do time, isso só deverá mudar quando a temporada europeia terminar e o circo da Fórmula 1 for para Cingapura.

"Você nunca sabe, pode estar molhado em Spa e Monza, você pode precisar de uma carga a mais nas curvas, mas Cingapura tem tudo para ser a próxima oportunidade de ouro para nós na realidade”, disse ele.

“Eu acho que vai ser de limitação de danos nas próximas duas corridas, porque a Force India, de repente reaparece, a Williams será rápida, a McLaren será rápida e, obviamente, a Mercedes vai ser rápida. Então, nós estamos temos que levar o que pudermos nas duas próximas corridas e, em seguida, para as provas fora da Europa, realmente temos que tentar mudar as coisas."

Daniel Ricciardo também acredita que a equipe austríaca terá maior oposição na próximas etapas. "Eu acho que em condições secas puros, a Mercedes ainda tem uma vantagem bastante significativa sobre todos os outros. Spa é um bom lugar para começar a segunda metade do ano. Talvez o tempo e as mudanças que tem por lá poderia criar algo emocionante."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias