Red Bull tranquila após FIA declarar ilegal solução no assoalho do RB8

Esclarecimento veio após pedido de rivais e entra em vigor no Canadá. Segundo Helmut Marko, time já trabalhava em outra configuração

Luz no fim do túnel: FIA esclareceu solução que a Red Bull vinha utilizando no assoalho de seu carro

A equipe Red Bull não se mostrou preocupada pelo fato da FIA ter estudado e apontado considerar ilegal o orifício que a equipe possui na parte final do assoalho do RB8. Numa questão clara de interpretação de regra, Adrian Newey fez um buraco na parte final do assoalho cuja borda superior não está no mesmo plano do resto da peça.

Nenhuma equipe rival fez um protesto oficial no GP de Mônaco, mas foi pedido que a FIA esclarecesse a regra. A entidade o fez e enviou um ofício aos times afirmando que considerará esse tipo de solução ilegal a partir do GP do Canadá. Em entrevista ao jornal austríaco “Salzburger Nachrichten”, o consultor da Red Bull, Helmut Marko, afirmou que a decisão não afeta o time de forma nenhuma.

“Não era nossa ideia usar este modelo do assoalho no Canadá de qualquer jeito, já tínhamos preparado uma outra configuração para a prova. Isso não atrapalha nossa preparação de forma alguma”, assegurou.

Marko afirmou ainda que a decisão da FIA não foi um ato contra sua equipe. “Este assunto inclui outras equipes também, não apenas a nossa”, disse.

Equipes como a Sauber e a Ferrari também possuem orifícios na parte posterior do assoalho mas, ao contrário do que estava sendo utilizado no RB8, eles mantinham plana toda a superfície da peça.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Tipo de artigo Últimas notícias