Renault busca resolver novos problemas no alternador

Peça que causou o abandono de Sebastian Vettel na Itália é a mesma que falhou quando o alemão liderava em Valência

Sebastian Vettel sofreu seu segundo abandono da temporada no GP da Itália – e pelo mesmo motivo do primeiro, quando liderava o GP da Europa, em Valência: uma quebra de alternador. A Renault, que fornece o equipamento à Red Bull, promete investigar a causa da falha, que também fez com que o alemão terminasse sua participação na terceira sessão de treinos livres, no sábado, mais cedo.

“Foi uma corrida muito desapontadora – nossa primeira fora dos pontos desde o GP da Coreia em 2010”, lembrou o chefe da equipe, Christian Horner. ”Foi a mesma falha no alternador do carro de Sebastian e precisamos trabalhar com a Renault para nos certificar que não aconteça de novo. Isso já nos custou uma vitória em Valência e pontos em Monza. É importante resolver isso para as últimas sete corridas.”

De acordo com a Renault, os abandonos foram causados por quebras diferentes, pois não há sinais do superaquecimento observado em Valência.

“Mudamos o alternador do carro de Sebastian depois dos treinos livres, mas, infelizmente, ele teve a mesma falha na corrida”, afirmou Cyril Dumont. “Estamos estudando o que aconteceu, mas sabemos que, mesmo funcionando dentro da normalidade, a peça em si superaqueceu e desligou a fonte de energia. Temos de nos desculpar com a Red Bull e isso claramente foi prejudicial no campeonato. Resolver isso será uma prioridade antes de Cingapura.”

No caso de Webber, foram os pneus que não aguentaram e, como estava fora dos pontos após uma rodada, o australiano decidiu abandonar a corrida.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Mark Webber , Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias