Renault dá informação errada a Bruno Senna e leva multa

Via rádio, equipe disse ao piloto que lutava por posição com Perez, quando na verdade estava uma volta atrás

Senna terminou o GP de Cingapura em 15º

O ditado diz que não há nada que esteja tão ruim que não possa piorar. E foi esse o caso da Renault no GP de Cingapura. Após o pior resultado da equipe no ano – um 15º e 17º lugares – o time de Enstone foi multado em 7.500 euros (quase R$ 19.000) por dar instruções erradas a Bruno Senna durante a prova.

Por meio do rádio, o piloto brasileiro foi informado no período de Safety Car que estava lutando por posição com Sergio Perez, da Sauber, quando na verdade o mexicano estava uma volta à frente de Senna.

Com isso, o piloto foi para cima do “rival” na relargada, e acabou colidindo com Perez.

O comunicado da FIA informou que “a equipe falhou em informar a posição correta a seu piloto, o que levou a uma colisão evitável com Sergio Perez.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias