Renault não tem pressa em definir futuro dentro da Fórmula 1

Montadora prefere se concentrar em problemas de sua unidade de potência antes de pensar no futuro

Apesar de não viver boa fase na Fórmula 1, sendo criticada seguidamente por sua principal cliente, a equipe Red Bull, a Renault diz não ter pressa para decidir seu futuro no esporte. Os boatos do paddock da Fórmula 1 dão conta de que a montadora pode sair da categoria, ou comprar uma equipe, ou até mesmo continuar fornecendo motores como faz atualmente.

Sem uma posição tomada, o diretor administrativo da marca, Cyril Abiteboul, está tranquilo. "Nós não temos prazo, sem pressa”, disse Abiteboul.

“Acho que agora o prazo e o grande alvo são fazer um motor sob controle, tanto da perspectiva de confiabilidade quanto de desempenho. Uma vez feito isso, podemos garantir algumas coisas a longo prazo.”

"Tenho certeza que agora esta é uma preocupação para os nossos clientes, se seremos capazes de lidar com o regulamento e lidar com os problemas que temos. Também é uma preocupação para nós. Então é isso que teremos de abordar a priori antes de pensar em qualquer outra coisa."

Toro Rosso e Force India são os times que poderiam ser o alvo da uma possível compra da Renault. Entretanto, no caso do time italiano seria necessário ter o apoio da Red Bull.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing , Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias