Renault teme punições a seus pilotos no fim do ano por limite de motores

Fábrica francesa se diz à frente do cronograma, mas não descarta ter problemas depois de início difícil

A Renault teme que alguns de seus pilotos sofram punições em grids de largada por trocarem motores além do permito no fim desta temporada. Para os franceses, o estado do desenvolvimento das unidades atualmente é normal, mas os problemas do início do ano após a pré-temporada difícil, podem aparecer para prejudicar o fim da campanha deste ano de suas equipes neste ano.

“Como cada corrida é uma situação para cada equipe e piloto por piloto, tudo se torna mais e mais individual", explicou Rob White, engenheiro chefe da Renault.

"Uma das coisas que temos que jogar no panorama é a otimização das unidades de potência que são implantados em cada carro.”

"É evidente que em quatro corridas nós estamos só em um quarto do caminho ao longo da temporada, e estamos à frente do cronograma, porque nós introduzimos mais unidades de energia do que deveríamos ter feito nesse período. Isso é algo que tem de ser levado em conta.”

"Talvez, mais tarde, para alguns de nossos pilotos isso irá resultar em uma penalidade. Mas, para a maioria deles, ainda estamos em uma situação possivelmente administrável."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias