Ricciardo: "Tomara que Seb não me deixe envergonhado”

Depois de "dar tudo o que podia" a bordo da Red Bull, australiano espera ter dado passo importante para ter vaga de Webber

Daniel Ricciardo garante ter feito tudo o que podia para impressionar a Red Bull e convencer a equipe de que merece a vaga de Mark Webber ano que vem. Segundo o chefe da equipe, Christian Horner, o australiano é um dos dois candidatos, ao lado de Kimi Raikkonen.

O piloto, atualmente na Toro Rosso, teve sua chance na quinta-feira, quando andou com o RB9. Ricciardo acabou o dia como o mais rápido, porém a bordo do carro com que disputa esta temporada, e inclusive rodou nas primeiras voltas com a Red Bull. Porém, tirando o imprevisto, acredita que deu conta do recado.

“Acho que pilotei de acordo com minha habilidade e fiz tudo o que podia. Estava um pouco difícil com a Pirelli e as circunstâncias do teste, pois não podíamos ajustar o carro. O melhor seria fazer algumas mudanças mecânicas e no acerto para as condições, mas será o mesmo para todos. Foi uma boa oportunidade experimentar duas bestas diferentes.”

Mesmo com as dificuldades, Ricciardo disse ter se divertido – e garante que não se sentiu pressionado.

“Foi apenas divertido. É bom ter a oportunidade de pilotar o carro e definitivamente tratei isso como algo mais prazeroso do que uma pressão. Fiz o que podia e agora veremos o que acontece. A decisão não é minha e ainda tenho de continuar a temporada com a Toro Rosso. Vou ver os tempos de Seb e tomara que ele não me deixe envergonhado.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias