Ron Dennis afasta possibilidade de voltar à equipe de F-1

CEO do Grupo McLaren pede motivação e foco da equipe, mas se diz disposto a fazer o que for preciso para voltar a vencer

Retornando a um papel ativo na McLaren no fim do último ano, Ron Dennis disse que não quer voltar a fazer papel ativamente da equipe de Fórmula 1 da organização, mas que quer ver empenho dos membros do time durante este início de ano.

O dirigente afirma querer mais foco naquele que sempre foi o maior objetivo da McLaren, a vitória.

"Eu tenho muito a oferecer à empresa, mas não tenho nenhuma intenção de comandar a equipe de Grandes Prêmios", disse Dennis. "Eu vou guiá-los, dar-lhes o benefício de meu conhecimento, e se necessário usar a minha autoridade executiva para mudar as coisas. Claro, tenho muito respeito com as pessoas em nossa equipe, mas eles estavam distraídos, não estavam focados o suficiente.”

"O que temos a fazer é trazer o foco no que esta empresa pretende exclusivamente fazer, que é ganhar. E nós vamos ganhar. Acredito que vamos vencer corridas neste ano. Eu realmente acredito nisso. Onde vamos ganhar? Como vamos ganhar? Eu não sei. Mas se todo mundo juntar todo o comprometimento com o meu próprio compromisso, e com paixão e foco, iremos certamente ganhar."

Apesar do discurso motivacional, Dennis foi incisivo na continuidade de seu pessoal atual. Para ele, todos precisam melhorar sua performance, senão serão desligados da equipe.

"Neste momento a empresa não está bem, ela precisa entrar em forma, e há dor para entrar em forma", disse Dennis.

"Portanto, esperamos que todos tenham a mentalidade certa para entender o que esperamos uns dos outros, e o que eu espero deles. Vai levar tempo para chegar onde queremos estar, e nós vamos dar às pessoas tempo para entender o que se espera. Se não chegarem lá, então eles não vão ficar na empresa."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias