Rosberg bate Hamilton por 0s7 e Massa bate forte na primeira sessão

Início dos trabalhos em Silverstone tiveram pesadelo para a Williams, que teve 1ª mulher em 22 anos por apenas uma volta

Os treinos livres para o GP da Grã-Bretanha começaram com um alemão na frente: Nico Rosberg determinou o ritmo desde o início e foi mais de sete décimos mais rápido que o companheiro de Mercedes e rival pelo título, Lewis Hamilton. Felipe Massa cometeu um erro semelhante ao do ano passado no mesmo trecho do circuito e bateu forte.

A sessão foi histórica, com a primeira participação oficial de uma mulher em 22 anos. Susie Wolff subiu no carro de Valtteri Bottas na Williams. Outros três pilotos reservas participaram do treino: Robin Frijns na Caterham, no lugar de Kamui Kobayasshi; Giedo van de Garde na Sauber de Adrian Sutil e Daniel Juncadella na Force India de Nico Hulkenberg.

[publicidade]O sol apareceu na manhã em Silverstone, mas fortes ventos na curva Copse criaram dificuldades para os pilotos, assim como o aquecimento dos pneus, com temperatura ambiente abaixo dos 20ºC.

O dia não começou nada bem para a Williams. Depois de Wolff parar no meio da pista com menos de 20 minutos de sessão acusando uma alta de pressões de óleo, Felipe Massa bateu forte após cometer um erro na saída da curva e perder aderência ao passar por cima da zebra. O impacto foi forte, mas o brasileiro saiu andando normalmente de seu carro. A sessão foi interrompida, com bandeira vermelha, para que os comissários pudessem limpar a pista.

O acidente marcou o fim da primeira meia hora de treino, na qual os pilotos têm um jogo de pneus extra. Nico Rosberg já mostrava o domínio da Mercedes, com oito décimos de vantagem para as Ferrari de Fernando Alonso e Kimi Raikkonen.

Com meia hora para o final, Lewis Hamilton finalmente apareceu entre os primeiros. O padrão se manteve nos últimos 30 minutos, com Rosberg bem mais veloz com que companheiro, mais de sete décimos. O inglês por algumas oportunidades apareceu fazendo setores no mesmo nível do alemão, mas foi atrapalhado por bandeiras amarelas.

Como já virou tradição nas sextas-feiras, as Ferrari de Alonso ficaram em terceiro e em quinto, com Ricciardo em quarto e Vettel em sexto. Com a batida após apenas sete voltas, Massa foi o 17º.

Os carros voltam à pista para a segunda sessão de treinos livres a partir das 10h pelo horário de Brasília.

Resultado final da primeira sessão de treinos livres
 
1. Nico Rosberg (Mercedes)1m35.424s, 25 voltas
2. Lewis Hamilton (Mercedes)1m36.155s +0.731s, 22 voltas
3. Fernando Alonso (Ferrari) 1m36.263s +0.839s, 23 voltas
4. Daniel Ricciardo (Red Bull-Renault)1m36.623s, +1.199s, 21voltas
5. Kimi Raikkonen (Ferrari) 1m36.703s +1.279s, 23 voltas
6. Sebastian Vettel(Red Bull-Renault)1m36.921s +1.497s, 20 voltas
7. Jenson Button (McLaren-Mercedes) 1m36.963s +1.539s, 25 voltas
8. Daniil Kvyat (Toro Rosso-Renault)1m37.175s +1.751s, 29 voltas
9. Jean-Eric Vergne (Toro Rosso-Renault) 1m37.227s +1.803s, 25 voltas
10. Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 1m37.231s +1.807s, 30 voltas
11. Sergio Perez (Force India-Mercedes) 1m37.720s +2.296s, 22 voltas
12. Romain Grosjean (Lotus-Renault) 1m37.910s +2.486s, 21 voltas
13. Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) 1m38.056s +2.632s, 18 voltas
14. Daniel Juncadella (Force India-Mercedes) 1m38.083s +2.659s, 23 voltas
15. Giedo van der Garde (Sauber-Ferrari) 1m38.328s +2.904s, 19 voltas
16. Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) 1m38.917s +3.493s, 12 voltas
17. Felipe Massa (Williams-Mercedes) 1m39.461s +4.037s, 7voltas
18. Max Chilton (Marussia-Ferrari) 1m39.814s +4.390s, 24 voltas
19. Marcus Ericsson (Caterham-Renault) 1m40.597s +5.173s, 19 voltas
20. Robin Frijns (Caterham-Renault) 1m42.261s +6.837s, 11 voltas
21. Susie Wolff (Williams-Mercedes) 1m44.212s +8.788s, 4 voltas
22. Pastor Maldonado (Lotus-Renault) sem tempo, 2 voltas
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias