Rosberg leva a Mercedes à segunda fila

Alemão foi um dos poucos que se salvou após a confusão causada pela bandeira vermelha no final da segunda parte da classificação

Rosberg se classificou à frente de Schumacher pela terceira vez no ano

Nico Rosberg deu mostras da evolução da Mercedes ao se classificar em quarto lugar, apenas atrás de Sebastian Vettel e das duas McLaren. Seu companheiro, Michael Schumacher, teve outro sábado ruim e ficou apenas em 14º.

A bandeira vermelha a pouco mais de dois minutos do final da segunda parte da classificação quase eliminou ambos os Mercedes. Schumacher teve problemas pela segunda classificação seguida com a asa traseira e foi eliminado, mas Rosberg, mesmo com pneus usados, conseguiu melhorar seu tempo e se colocar entre os dez melhores.

O alemão, no entanto, revelou preocupação com o ritmo de corrida.

“Estou feliz com nossa performance. É claro que melhoramos nosso carro neste final de semana. Ainda não estamos onde queremos, mas fizemos progresso e estamos mais perto de alguns dos rivais, pelo menos hoje.  Também trabalhamos duto no ritmo de corrida, então temos a chance de fazer uma boa prova amanhã.”

Já Schumacher lamentou a chance perdida. “É uma pena porque demonstramos neste final de semana que melhoramos bastante. Nico provou que o quarto lugar era uma meta realista. Não acertei minha volta, já que só descobri que a asa não funcionava direito na freada da curva 14.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias