Rosberg quer festejar vitória em clima de Copa do Mundo

Líder de ponta a ponta, alemão admite que a vitória em casa não foi uma das provas mais difíceis de sua carreira

As únicas disputas que Nico Rosberg viu durante o GP da Alemanha foram quando o piloto da Mercedes se aproximava para dar uma volta em cima dos retardatários. Essa é a medida da tranquilidade com que o líder do campeonato conquistou sua primeira vitória correndo em casa. Isso, depois de se casar e de ver o seu país campeão em sua outra grande paixão, o futebol.

[publicidade]“Foram vários acontecimentos felizes para mim nos últimos dias e agora consigo essa vitória na minha corrida caseira. É uma sensação incrível vencer em casa, um dia especial para mim. Vou celebrar um pouco e continuar um pouco com o espírito da conquista da Copa do Mundo.”

Além de histórica para o próprio Rosberg, a vitória marcou a primeira vez em que um carro e piloto alemães ganhou uma prova de F-1 em solo germânico.

“É importante pela história das Flechas de Prata, que tinham vencido em Nurburgring pela última vez há muito tempo, em 1954, com Fangio, e agora em Hockenheim, outra pista muito especial.”

Agora líder com 14 pontos de vantagem para Lewis Hamilton, Rosberg admitiu que não teve uma das provas mais difíceis da carreira depois de liderar de ponta a ponta.

“Houve a preocupação do Safety Car no final com Sutil atravessado na pista, mas não houve muita pressão. Não é fácil, mas é claro que essa corrida foi relativamente mais tranquila do que outras. Sempre há momentos de risco, especialmente quando estava dando uma volta em pilotos que lutavam por posição.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias