Rosberg reage, responde a Hamilton e lidera 3º treino-livre

Alemão, que depende de uma vitória e um terceiro lugar de Hamilton para ser campeão, liderou o trabalho de abertura deste sábado

Rosberg respondeu a Hamilton e liderou o terceiro treino
A última batalha antes da classificação para o Grande Prêmio de Abu Dhabi teve Nico Rosberg como vencedor. Na manhã deste sábado (horário brasileiro), o cravou como melhor volta 1min41s424, superou pela primeira vez no final de semana o companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, e liderou a terceira sessão de treinos-livres realizada no circuito de Yas Marina.
 
[publicidade]Atrás de Hamilton no primeiro dia nos Emirados Árabes – acabou em segundo nas duas sessões -, Rosberg respondeu ao registrar a melhor volta do treino com menos de dez minutos para o final da atividade. O britânico chegou a ameaçar a liderança, entretanto, perdeu tempo no último setor e teve que se contentar com a segunda posição.
 
O brasileiro Felipe Massa, depois de um início de trajetória complicado em Abu Dhabi, terminou na terceira posição, uma à frente do espanhol Fernando Alonso, da Ferrari.
 
Prejudicado na sexta-feira por conta de um problema no motor, que apagou logo no início do segundo treino-livre, Fernando Alonso foi cedo para a pista neste sábado e surpreendeu. Com pneus super-macios desde o começo da prática em Yas Marina, o espanhol liderou boa parte do treino ao cravar 1min42s653.
 
Em um sábado de calor e sol, a Mercedes demorou a levar os dois pilotos à pista, assim como a Williams, do brasileiro Felipe Massa, que registrou 1min43s945 na primeira volta rápida em Yas Marina. A briga pela primeira posição, obviamente, acabou no colo dos dois líderes do campeonato: Lewis Hamilton e Nico Rosberg.
 
Derrotado no primeiro dia pelo rival/companheiro de equipe, o alemão respondeu bem na sessão de abertura deste sábado em Yas Marina. Com pneus macios, Rosberg fez 1min42s635 e superou o ótimo tempo de Alonso, que contou com o adendo de andar desde o início com os ‘super-macios’.
 
O atual vice-líder do Mundial acabou ameaçado somente uma vez durante a prática: quando Felipe Massa registrou a primeira volta com o pneu ‘super-macio’. O brasileiro cravou 1min42s429 e comemorou, mas a empolgação durou pouco, e a Mercedes sentenciou a superioridade em Yas Marina.
 
Restando menos de dez minutos para o fim do treino, Rosberg completou a sua melhor volta no dia com o tempo de 1min41s424 e subiu para a primeira posição de forma inédita no final de semana. Até então dominante, o líder da temporada Lewis Hamilton teve que se contentar com uma marca 0s369 em relação ao parceiro da Mercedes.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias