Rosberg reforça discurso de Vettel e torce para realização do GP da Alemanha

Piloto da Mercedes ressalta tradição alemã na categoria: “É uma parte fundamental da temporada”

Sebastian Vettel não é o único piloto alemão preocupado com a chance da Fórmula 1 não ir a seu país em 2015. Nico Rosberg também expressou seu desapontamento com a falta de garantias da realização do GP alemão neste ano. O vice-campeão mundial, que ocupou o lugar mais alto do pódio em seu país no ano passado, lamentou o fato de os administradores dos circuitos de Nurburgring e Hockenheim não terem condições financeiras para receber a corrida.
 
[publicidade]"Para mim, desde que eu tenho lembrança, o GP da Alemanha é lendário. Como o GP da Inglaterra, é uma parte fundamental da temporada. É muito decepcionante ver que não há nada garantido, não só para mim, mas para todos os fãs alemães", afirmou.
 
Esperançoso, Rosberg aposta que a tradição da Alemanha no automobilismo pode pesar na questão.
 
"Há muitos fãs de automobilismo na Alemanha e há uma representação muito forte no esporte comigo, Sebastian, os outros alemães, a Mercedes. Uma grande parte da F1 é a Alemanha, então eu espero que dê certo", disse.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias