Rosberg se defende em incidente com Ricciardo: “a curva era minha”

Surpreso com vantagem da Ferrari no ritmo de corrida, Nico perde boa oportunidade de tirar pontos de Hamilton

Não foi um dia dos mais fáceis para Nico Rosberg neste domingo na Hungria. Tendo a possibilidade de, na melhor das hipóteses, sair líder do mundial após Hamilton ter cometido uma série de erros, ele acabou, ao invés disso, perdendo pontos para o britânico no campeonato depois de chegar em oitavo.

Com Hamilton em sexto, a vantagem do piloto do carro 44 subiu de 17 para 21 pontos na tabela. Bravo, Nico culpou Ricciardo pelo incidente que o tirou da segunda posição na prova.

“A largada não foi tão ruim, na verdade. Estava indo para a primeira curva lado a lado com Vettel, mas saí da primeira curva mal e Kimi conseguiu me passar na curva 3 infelizmente”, falou em vídeo para sua página no Youtube.

“Depois disso, realmente fiquei muito surpreso por não conseguir acompanhar as duas Ferraris. Isso foi desapontador. E, depois disso, tivemos o Safety Car, que não funcionou para nós porque me chamaram muito tarde. Estava logo na frente da entrada dos boxes quando me chamaram e a equipe não teve tempo para deixar os pneus macios prontos. Fui de médios.”

“Na relargada tentei ir para cima de Vettel, mas depois Ricciardo começou a me atacar porque estava com os pneus macios.”

“No incidente com ele, na minha opinião, a curva era minha porque freei de maneira correta para fazer a curva. Ele errou completamente. Mas, mesmo assim, na saída da curva, a asa dele estava perto da minha roda traseira e furou meu pneu como resultado, e isso foi muito desapontador.”

“O esporte é difícil às vezes, porque hoje era uma ótima oportunidade de tirar pontos de Lewis. Realmente foi péssimo.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Hungria
Pista Hungaroring
Pilotos Nico Rosberg
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias