Rumores fazem Ecclestone dizer que F-1 não está à venda

Boatos apontavam que empresário inglês Rupert Murdoch e o bilionário mexicano Carlos Slim negociavam a compra da categoria

Bernie Ecclestone,

 

Os últimos dias foram agitados na Europa. Diversos boatos brotaram nas agências e veículos de comunicação sobre uma possível venda dos direitos da categoria.
 
De acordo com a emissora "Sky News", na última terça-feira, o grupo News Corp, que pertence ao empresário Rupert Murdoch, estaria em conversas preliminares para uma possível compra, em conjunto com o bilionário mexicano Carlos Slim, que participaria do caso formando um consórcio. 
 
Segundo a reportagem, as conversas estrariam em caso embrionário e a News Corp poderia não decidir sobre uma fatia das ações, que pertencem à empresa CVC, mas, sim, disputar os direitos de transmissão. 
 
Contudo, a resposta foi rápida: a agência "Reuters" publicou que não houve contato entre as partes e, em entrevista ao "Telegraph Sport", Bernie Ecclestone esclareceu a situação: "Isso é vergonhoso. O esporte, a F-1, não está à venda."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias