Sauber comemora Kobayashi entre os dez e lamenta volta ruim de Perez

Enquanto o japonês cravou o décimo melhor tempo, o mexicano teve que se contentar com a 16ª posição, mais de oito décimos atrás do companheiro

Kobayashi foi uma das estrelas do treino de classificação

 

Assim como na Austrália, Kamui Kobayashi foi o “estranho no ninho” no Q3 e vai largar na décima colocação no GP da Malásia. Mas o dia da Sauber não foi um mar de rosas, uma vez que Sergio Perez ficou devendo e sairá do 16º lugar.

Estou muito feliz com a classificação de hoje. Claro que esperava melhorar um pouco mais na minha última tentativa, já que, ao contrário de Melbourne, tinha um jogo de pneus macios novos. Mas acho que não havia mais o que tirar do carro”, reconheceu Kobayashi por meio da assessoria de imprensa da equipe.

O japonês revelou que a Sauber teve problemas ontem, mas que encontrou soluções durante a noite que permitiram que o piloto chegasse à última fase da classificação no mesmo circuito em que o fez pela primeira vez, em 2009. “Estou certamente focando nos pontos.”

Já Sergio Perez saiu do treino decepcionado com o 16º lugar, mais de oito décimos mais lento que o companheiro.

Estou desapontado porque tínhamos potencial para entrar no Q3 se tivesse acertado minha última volta. Na segunda tentativa no Q2 peguei tráfego na minha volta de aquecimento. Os primeiros setores foram bons, mas no setor três o carro começou a sair muito de frente”.

O mexicano, que chegou em sétimo lugar em sua corrida de estreia, na Austrália, após uma ousada estratégia de uma parada (depois da prova, ambos os pilotos foram desclassificados por uma irregularidade técnica), aposta no ritmo de corrida.

Espero que tenhamos uma boa estratégia porque ainda estou focando nos pontos o que, é claro, não será fácil saindo da posição que estou.”

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias