Sauber é a grande decepção da segunda metade do grid

Perez e Kobayashi são apenas 15º e 17º, admitindo que carro não está bom; Ricciardo supera Liuzzi na briga interna da Hispania

Kamui Kobayashi: com problemas em extrair o máximo do carro

Sergio Perez, Sauber, 15°: "Claro que não podemos ficar felizes com nossa classificação, mas acho que era o máximo que poderíamos fazer, hoje. Minha melhor volta foi boa, não tenho o que reclamar. Agora temos de nos virar com o que temos."

Sebastien Buemi, Toro Rosso, 16°: "Estou satisfeito com o que consegui fazer nesta tarde, pois passar no Q2 não é ruim. Fiquei contente com minha volta, mas é difícil de engolir após nossa ótima classificação em Spa. As corridas andam incertas, então tudo pode acontecer."
 
Kamui Kobayashi, Sauber, 17°: "Travei bonito um pneu no Q2, mas mesmo sem isso não acredito que poderia ter me classificado em uma posição melhor. Ficamos bem longe do Q3, hoje. Sabemos que será uma corrida complicada para nós, mas a corrida é o que conta."
 
Jaime Alguersuari, Toro Rosso, 18°: "Mesmo que o resultado não seja bom, posso ficar contente com o fato de que temos melhorado o carro desde o treino, mas minha volta não foi rápida o suficiente. O ritmo não estava lá. Já marquei pontos largando de 18º."
 
Jarno Trulli, Lotus, 19°: "Estou feliz com o trabalho da equipe e extraí o máximo do carro, particularmente na segunda sessão. O carro melhorou desde ontem, encontramos um equilíbrio e isso nos colocou em uma boa posição para a corrida de amanhã."
 
Heikki Kovalainen, Lotus, 20°: "O carro estava bom, mas falhei em conseguir a melhor volta nesta tarde. Não sei o que houve e precisamos olhar os dados. Mesmo assim, acho que não nos classificamos mal e estamos em uma posição considerável."
 
Timo Glock, Virgin, 21°: "Foi uma classificação decepcionante. Tivemos um problema com a asa traseira, que não fechava. Na verdade, fechava quando queria. Nunca tivemos problemas com isso e precisamos arrumar, pois não é algo confortável."
 
Jerome D'Ambrosio, Virgin, 22°: "Hoje não foi uma classificação ruim e estou bem feliz com isso. Foi difícil, mas me senti confortável novamente no carro e fiquei satisfeito no geral. Estou ansioso para a corrida de amanhã, será bem próximo."
 
Daniel Ricciardo, Hispania, 23°: "É ótimo não estar na última posição e terminar à frente de Tonio, que foi uma pequena meta que estabeleci. Então estou feliz por isso. Acho que devemos ter um bom acerto, pois não fomos completamente agressivos na classificação."
 
Vitantonio Liuzzi, Hispania, 24°: "Se você levar tudo em conta, foi uma boa classificação, pois o carro está rendendo bem. Vácuo é muito importante para marcar um bom tempo e não estava no lugar certo e na hora certa. Mas espero ter uma boa corrida, amanhã."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Tipo de artigo Últimas notícias