Sauber: meta é manter bom ritmo na etapa de domingo, em Xangai

Equipe surpreende nas últimas corridas por conta do bom manejo dos pneus, conseguindo fazer menos paradas que outros times

Kobayashi em Sepang

Empolgada com os bons resultados obtidos na pista nas duas primeiras corridas, a Sauber parte para a China com o objetivo de estar novamente entre os dez.

Se, na Austrália, o desempenho foi manchado pela desclassificação dos dois pilotos do time por conta de medidas irregulares na traseira, a Malásia se mostrou bastante lucrativa, principalmente no trato dos pneus, com Kamui Kobayashi somando pontos com a oitava posição.
 
"É uma pista empolgante e sempre tive bons resultados lá, não importa o carro. No ano passado, não fui brilhante, uma vez que virei vítima de um acidente na largada. Contudo, espero que neste ano tenhamos boas performances, pois essa é nossa obrigação", comentou.
 
Já o outro piloto da equipe, Sergio Perez, não é um estreante na China e busca apenas aprender neste ano. "A pista de Xangai é desafiadora. Diria que é similar a Sepang. Corri lá em duas oportunidades, com a A1GP e a GP2 asiática. Gosto da reta longa com a freada brusca no fim. Espero fazer melhor que na Malásia, mas o foco é aprender e ter mais experiência."
 
Por fim, Kobayashi fez uma revelação sobre um medo seu: dirigir nas ruas e estradas de Xangai: "O circuito é muito grande e é uma pena não ser próximo de Xangai. Também não gosto muito de dirigir em suas ruas e estradas, pois tenho medo do jeito que os chineses dirigem."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias