Sauber não espera repetir desempenho de Monza em Cingapura

Equipe destaca que o carro não se adapta tão bem às curvas de baixa e média velocidade do traçado de Marina Bay

Depois do segundo lugar no GP da Itália, com Sergio Perez, a Sauber espera sua corrida mais difícil entre as sete etapas que faltam no campeonato. Isso porque o circuito de Cingapura, palco da 14ª prova do Mundial, não favorece o C31.

No entanto, a dupla do time suíço – que, ano passado, marcou apenas um ponto em Marina Bay, também com Perez – se mostra confiante.

“Todos na equipe estão motivados. Cingapura é um evento muito especial, tendo se estabelecido como um destaque da temporada. Pessoalmente, gosto do lugar e também não é muito longe do meu país, então há muitos japoneses. A pista demanda muito, com várias curvas e, no passado, ela não se encaixou bem com o carro.”

Sergio Perez destacou o desafio físico de correr no calor úmido do país asiático e o aumento do número de viagens daqui até o final da temporada.

“Geralmente gosto dos circuitos de rua e o de Cingapura é fisicamente muito difícil, mas me sinto preparado para isso. Também, será a primeira vez que voltamos para a Ásia depois de um bom tempo. A quantidade de viagens está aumentando agora”, observou o mexicano.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias