Sauber promete se defender de processo movido por Van Der Garde

“Vamos tomar todas as medidas necessárias para proteger nossos interesses”, diz chefe da equipe

A Sauber diz que vai "tomar todas as medidas necessárias" para proteger seus interesses após a decisão de Giedo Van Der Garde de mover um processo contra a equipe.

[publicidade]Van Der Garde, que foi reserva da Sauber em 2014, afirma que a escuderia exerceu uma opção para confirmá-lo como titular em 2015. Frustrado com a confirmação de que Felipe Nasr e Marcus Ericsson estariam no grid da Fórmula 1 com o C34, ele procura assegurar sua vaga na categoria através do processo.

Documentos judiciais emitidos por um tribunal arbitral suíço favoreceram o piloto holandês. No entanto, a Sauber diz que a decisão é somente um "primeiro prêmio parcial".

Após Van Der Garde entrar com um pedido em um tribunal de Melbourne, cidade que recebe o primeiro GP da Fórmula 1, a Sauber promete se defender em uma audiência marcada para segunda-feira.

"Como a questão está atualmente nos tribunais, seria inapropriado comentar sobre detalhes específicos. Mas vamos tomar todas as medidas necessárias para proteger nossos interesses", disse Monisha Kaltenborn, chefe da equipe.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias