Schumacher acha que sétima e oitava colocações são o limite da Mercedes

Mesmo apostando nos pneus economizados na classificação, alemão não espera muito da corrida de amanhã

Schumacher adotou um tom resignado após a classificação

Ao largarem em sétimo e oitavo lugares, as Mercedes estão em suas posições naturais, de acordo com Michael Schumacher. O alemão, que foi superado pelo companheiro por apenas nove milésimos, não espera ganhar posições na corrida.

“Estamos onde previ ontem. Para amanhã, chegar mais à frente seria muito otimista. É onde estamos e onde provavelmente vamos terminar, a não ser que algo estranho aconteça. Estamos esperando por isso. Gostaria de ultrapassar, mas acho que vai ser uma corrida na qual as posições não vão se alterar muito, e o objetivo é somar o maior número de pontos possível. Como disse ontem, o pódio não é realista para nós.”

Schumacher fez apenas uma votla rápida na última parte da classificação na tentativa de ter pneus melhores para amanhã.

“Sutil e Heidfeld, que estão atrás, também economizaram pneus na classificação. Obviamente é um pouco melhor ter pneus novos, mas não dá para saber se isso nos trará muitas vantagens. De qualqeur forma, decidimos jogar dessa forma e vamos lidar com isso.”

Quem também economizou pneu foi Nico Rosberg, que acredita que isso seja uma vantagem na corrida.

“Consegui guardar um set de pneus macios para amanhã e isso vai me ajudar muito”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias