Schumacher atesta: Mercedes está longe de briga pelo pódio

Mesmo com a quarta posição obtida nos treinos livres desta sexta-feira em Valência, heptacampeão mostra descontentamento

Michael Schumacher

A quarta posição obtida nos treinos desta sexta-feira em Valência deveria deixar Michael Schumacher contente. Deveria, mas não deixou: o alemão afirmou que será bem difícil lutar pelo pódio no GP da Europa.

"Tivemos uma sexta-feira típica, avaliando diferentes acertos e variações. Nosso foco foi maior nas 'long runs', e, no geral, estou muito feliz, pois conseguimos trabalhar bem", explica.
 
"Todos nós sabemos que, em circunstâncias normais, não somos fortes o suficiente para brigar pelo pódio, e devemos largar em torno da quarta fila", revela o piloto heptacampeão, que ficou quatro posições à frente do parceiro Nico Rosberg. Este, por sua vez, mostrou-se satisfeito.
 
"Tivemos dois treinos consideráveis e certamente melhoramos o carro hoje. Focamos na corrida e no comportamento dos pneus, que se mostraram consistentes. Existem algumas áreas para melhorar antes do domingo", encerrou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias