Schumacher mostra animação com incertezas da temporada

Equipes medianas tirando nomes fortes da fase final de classificação e corridas agitadas deixam heptacampeão contente

Schumacher: de olho nos tempos

Heptacampeão mundial e acostumado a não ter concorrentes em sua fase dourada, Michael Schumacher se mostrou animado com o nível de competitividade do grid atual.

Depois de alinhar na primeira fila em Xangai, o piloto da Mercedes AMG sabe que tudo pode mudar de uma hora para outra, por conta das surpresas trazidas pelas equipes médias, como Lotus, Sauber, Williams e Toro Rosso.
 
"O fim de semana é como um quebra-cabeça de milhares de peças, e você precisa encaixá-las da melhor maneira", comenta Schumacher, que usou um exemplo da corrida passada para se justificar.
 
"Você pode ser primeiro ou décimo, se não tomarmos cuidado. Veja a situação de Sebastian Vettel, que foi eliminado no Q2 em Xangai. Foi uma coisa divertida e temos que viver com isso", analisa.
 
"Se você não administra tudo para dar certo, você fica preso atrás de gente que não consegue ultrapassar, o que pode ser frustrante. Por outro lado, torna as coisas animadas", explica.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias