Schumacher supera Rosberg na prova de Barcelona

Mercedes coloca seus dois pilotos nos pontos; o filho de Keke Rosberg enfrentou dificuldades com a asa móvel

Schumacher: desta vez, à frente de Rosberg

Assim como Red Bull, McLaren e Sauber, a Mercedes também colocou seus dois carros na zona de pontuação no GP da Espanha. Desta vez, com Michael Schumacher à frente de Nico Rosberg.

O alemão, que fez uma corrida discreta, afirmou que o principal trabalho se deu na largada. Já Rosberg, sem rádio, se queixou de um defeito no sistema de asa móvel. Ambos no entanto, acreditam em evolução para a próxima corrida.
 
"Tentamos extrair o máximo de nossas possibilidades, o que é bom. Tive uma boa largada, quando me enfiei pelo meio e funcionou. A partir de então, foi manter a posição. Podemos ficar felizes com o resultado, o que me deixa animado para Mônaco", fala Schumacher.
 
"Foi uma corrida difícil para mim após perder o rádio logo cedo, e minha asa móvel não estava trabalhando direito, o que tornou a ultrapassagem quase impossível. Me diverti ao disputar com Michael, apesar de não ser capaz de atacá-lo e ter ficado preso atrás dele em toda a prova. Tenho certeza de que andaremos mais perto em Mônaco", comenta Rosberg.

>>
>>
>>
>>
>> >>
>>
>>

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias