Schumacher voa no quarto dia de treinos em Barcelona

Heptacampeão extrai o máximo de todo o novo pacote de atualização da Mercedes e deixa Ferrari de Alonso três décimos atrás

 

O quarto dia da última bateria de testes pré-temporada da F1 em Barcelona viu uma terceira equipe diferente no topo da tabela de tempos. Depois da Red Bull e da Sauber, foi a vez da Mercedes bater novamente o recorde do ano no circuito espanhol e colocando seus dois pilotos entre os três primeiros.
 
O mais rápido foi Michael Schumacher, com todo o pacote de atualizações instalado no modelo W02 da Mercedes: em sistema de volta lançada, o alemão cravou a marca de 1min21s268, superando a Ferrari de Fernando Alonso em 0s346. Como a previsão para o sábado, dia final de treinos foi de chuva. O time alemão colocou Nico Rosberg para andar e ser o terceiro do dia.
 
A maioria dos tempos desta sexta-feira foi estabelecida em sistemas de voltas lançadas, como a quarta posição de Nick Heidfeld, da Lotus Renault GP, e a quinta de Rubens Barrichello, com a Williams, respectivamente. O brasileiro, aliás, realizou "stints" de 10 e 12 voltas e seu tempo neste período caiu apenas um segundo, mostrando que o time inglês está conseguindo administrar a degradação dos pneus Pirelli.
 
A Sauber de Kamui Kobayashi, que provocou uma bandeira amarela ao parar na pista, e a Toro Rosso de Jaime Alguersuari apareceram na sequência, em sexto e sétimo, respectivamente, logo à frente da Red Bull de Sebastian Vettel, que evitou andar forte e interrompeu a sessão com um minuto para o fim, após seu carro parar na saída dos boxes.
 
O Team Lotus avaliou novas partes aerodinâmicas em um longo dia de 137 voltas completadas, terminando em nono com Heikki Kovalainen, seguido pelos dois pilotos da Force India, Paul di Resta e Adrian Sutil, que apareceram na sequência. Pastor Maldonado tentou treinar à tarde com a Williams, mas uma troca de motor fez o venezuelano dar apenas 11 voltas.
 
Quem teve um dia para esquecer foi a McLaren. Jenson Button, responsável por conduzir o programa do dia, deu apenas 57 voltas após uma troca do propulsor, a maior parte delas em "stints" curtos com o tanque cheio. Já a Hispania esteve na pista com o novo F111, mas não conseguiu treinar por não ter peças suficientes. Os testes finalizam neste sábado, com McLaren, Williams, Ferrari, Hispania e Mercedes.
 
Tempos desta sexta-feira em Barcelona:
 
1°. Michael Schumacher (ALE/Mercedes), 1min21s268 (67 voltas)
2°. Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 1min21s614, a 0s346 (141)
3°. Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min21s788, a 0s520 (22)
4°. Nick Heidfeld (ALE/Lotus Renault GP), 1min22s073, a 0s805 (67)
5°. Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth), 1min22s233, a 0s965 (89)
6°. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari),1min22s315, a 1s047 (98)
7°. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso-Ferrari), 1min22s675, a 1s407 (72)
8°. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault), 1min22s933, a 1s665 (64)
9°. Heikki Kovalainen (FIN/Team Lotus-Renault), 1min23s437, a 2s169 (138)
10°. Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes), 1min23s653, a 2s385 (42)
11°. Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes), 1min23s921, a 2s653 (26)
12°. Pastor Maldonado (VEN/Willians-Cosworth), 1min24s108, a 2s840 (11)
13°. Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes), 1min25s837, a 4s569 (57)
14°. Jerome D'Ambrosio (BEL/Marussia Virgin-Cosworth), 1min27s375, a 6s107 (46)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias