"Se sentir que não tenho apoio na equipe, saio", diz Massa

A jornal espanhol, brasileiro afirma que nada mudou desde 2008, apesar de não ter mais conquistado bons resultados em pista

Felipe Massa

Em entrevista publicada no jornal espanhol "El País", Felipe Massa garantiu ter todo o apoio da Ferrari.

O piloto brasileiro deixou claro que, caso não sinta mais o suporte que sempre recebeu, deixará o time. "No momento, tenho todo o apoio da Ferrari e quando sentir que não tenho mais, sairei imediatamente."

Perguntado se sente-se incomodado quando termina atrás de Alonso, Massa afirmou: "ele tem sua forma de ser e eu a minha". E o piloto ressaltou que, "se não pensasse que teria condições de superá-lo, iria para casa."

Questionado se o acidente da Hungria e o fato de ter sido pai o deixaram mais lento, o vice-campeão de 2008 disparou: "sou exatamente o mesmo. É verdade que não tenho os resultados desde então, mas a ambição e a determinação são as mesmas."

"Essas duas coisas dão muita experiência, mas nada disso afeta quando entro no carro, pois quando se está no cockpit, você não pensa em nada. Esqueço meu filho, esposa, pai e mãe. Michael Schumacher venceu muitos títulos sendo pai. As pessoas falam demais, apesar de admitir que esses dois anos foram os mais intensos de minha vida."

Por fim, entre outras questões, Massa garante que nunca sentiu sua posição ser ameaçada dentro do time por outro competidor. "Jamais".

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias